FAETEC abre inscrições para processo seletivo

Que tal aceitar um desafio e fazer uma boa Faculdade Técnica?! Se você gostou da ideia, então aproveite, pois, a Fatec – Faculdade de Tecnologia – está com as inscrições abertas para o processo seletivo 2019, até as 15h do dia 07 de novembro.

Para tanto, é necessário que os interessados realizem sua inscrição, através do site da Faculdade, http://www.vestibularfatec.com.br. Posteriormente, deverão efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 70,00. Somente lembrando que é preciso que o candidato possua o Ensino Médio completo ou conclusão do curso equivalente ao Médio.

São oferecidos 67 cursos, entre eles: Agronegócio, Agroindústria, Alimentos, Automação e Manufatura Digital, Automação Industrial, Banco de Dados, Biocombustíveis, Comércio Exterior, Construção Civil – Edifícios, Controle de Obras, Construção Naval, Cosméticos, Eletrônica Industrial, Gestão de Turismo, Hidráulica e Saneamento Ambiental, Informática para Negócios, Jogos Digitais, Logística, Manutenção Industrial, Mecânica Automobilística, Mecânica – Processos de Soldagem, Mecânica de Precisão, Polímeros, Processos Químicos, Produção Industrial, Produção Têxtil, Radiologia, Redes de Computadores, Secretariado, Silvicultura, Sistemas Biomédicos, Sistemas Navais, Sistemas para a Internet, Transporte Terrestre, entre outros excelentes cursos. Os demais cursos de graduação tecnológica constam no site.

A prova será realizada no dia 08 de dezembro, às 13h. O método de avaliação constará de uma redação e de uma prova com 54 questões, as quais terão como embasamento teórico o conteúdo do Ensino Médio. Além de questões que testarão a capacidade de raciocínio lógico do aluno. Algumas disciplinas terão Peso 1 e Peso 2, conforme cada curso.

A divulgação do gabarito oficial sairá às 18h30 do dia 08 de dezembro. Já a lista de aprovados será divulgada no dia 08 de janeiro de 2014. Já a divulgação da segunda lista de convocados será no dia 13 de janeiro.

Para obter mais detalhes sobre o vestibular da FATEC 2019 fique atento ao site da Universidade.

Tudo sobre o Imposto de sua Região

Existem ainda muitas dúvidas aos proprietários de veículos em relação ao imposto a ser pago, o IPVA, que é o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores pago ao Estado por todos os proprietários de veículos, sendo cobrado sempre no início de cada ano.

O imposto pode ser pago de uma única vez, o que gera descontos ao consumidor, ou em três ou mais parcelas, isso vai depender do estado a qual o veículo está vinculado, existem casos que que ficam imunes e isentos do pagamento do imposto do IPVA 2019.

Propriedades do IPVA 2019

Porem em alguns estados, carros com 10 anos já conseguirem a isenção do IPVA, mas existem vários projetos nos estados de acabar com a isenção desse imposto, defendem a tese de que carros antigos poluem mais a atmosfera por isso essa briga para extinguir a isenção de carros antigos.

O proprietário de veículos automotores pode fazer a quitação do IPVA 2019 RJ pagando à vista, mas também pode realizar o pagamento em parcelas, dividindo o valor em até três vezes.

São imunes ao imposto os veículos de propriedade:

  • Veículos da União, dos Estados, do Distrito Federal, dos Municípios e das respectivas autarquias e fundações instituídas e mantidas pelo poder público;
  • Veículos dos partidos políticos, inclusive suas fundações, das entidades sindicais e das instituições de educação ou assistência social, sem fins lucrativos;
  • Veículos dos templos religiosos de qualquer culto.

São isentos:

  • Embarcações de empresas concessionárias, permissionárias ou autorizativas de serviços públicos de transporte coletivo, empregados exclusivamente, no transporte urbano e suburbano;
  • Veículos terrestres com motor de potência inferior a 50 (cinqüenta) cilindradas e a embarcação com motor de potência inferior a 25 (vinte e cinco) HP;
  • Veículos adaptados para deficientes físicos;
  • Pessoas jurídicas de direito privado instituídas pelo poder público estadual ou municipal;
  • Táxi de propriedade de motoristas profissionais autônomos;
  • Ambulância e no combate a incêndio, desde que não haja cobrança pelo serviço;
  • Embaixadas, representações consulares, bem como de funcionário de carreira diplomática ou de serviço consular, desde que os respectivos países de origem adotem reciprocidade de tratamento;
  • Máquinas agrícolas, desde que não circulem em vias públicas;
  • Embarcações de propriedade de pescador profissional, pessoa física, por ele utilizada na atividade pesqueira;
  • Veículos com mais de 15 anos de fabricação.

Pagamento, Valor do IPVA 2019

Também é possível efetuar o pagamento em até 3 parcelas sucessivas na maioria dos Estados, dentro do exercício. É muito importante saber que para obter este benefício, é preciso que a primeira parcela seja recolhida até a data do seu vencimento, passada esta data do recolhimento, dever ser efetuada em uma cota única.

Esse valor do IPVA 2019 SP é calculado baseado nos preços de mercado dos automóveis multiplicado pela sua alíquota, o que resulta em 1% a 6% do valor do veículo, a tabela da FIPE contém o valor de mercado dos carros e apura a base de cálculo do imposto e as alíquotas variam de acordo com cada estado.

O vencimento do imposto também sofre variações de acordo com o estado, geralmente ocorre entre os meses de janeiro e março, de acordo com a numeração da placa. Quando o IPVA é quitado a vista, os proprietários ganham descontos com valores especificados de cada localidade. O IPVA Minas 2019 poderá ser pago utilizando o número do renavam e com ele serve para retirada da guia de recolhimento para ser paga, sendo que a guia para pagamento também pode ser obtida pelo site da Secretaria da Fazenda de seu Estado.

Para fazer o pagamento do IPVA, basta procurar uma agência dos agentes arrecadadores credenciados e informar o número do seu RENAVAM contido no respectivo Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo. As agências estão aptas a calcular, inclusive, os acréscimos legais devidos após o vencimento.

Valor e pagamento do Imposto no RS

No início do ano os habitantes do município do Rio Grande do Sul já sabem que precisam colocar em seu orçamento o pagamento do IPVA do seu veículo. O IPVA RS 2019 é cobrado anualmente para todos os proprietários de um veículo automotor, tais como automóvel, caminhão, divisa, caminhoneta, utilitários, aeronaves, jet-ski, motocicletas entre outros.

Por ser básico todo o indivíduo gaúcho precisa estar em dia com as leis de transito do DETRAN, a aberração desse imposto ocasiona transtornos como absorção do veículo, caso o inclusive seja abalroado em qualquer ataque aéreo inesperado, perca de pontos no CNH do cabo (Carteira Nacional de Aptidão) e multas consecutivos a aberração, além do mais, o adiamento do pagamento da acompanhador do IPVA Rio Grande do Sul corre interesses, posto isto o imposto encontra-se mais caro que o esperado

Resultado de imagem para ipva

Calendário IPVA RS

A tabela de pagamento é atualizada anualmente, é sua atualização e disponibilizada de modo direto no site do DETRAN. A tabela funciona da posterior forma, os veículos que termina com a numeração final 1 serão os primeiros a corporificar o pagamento do imposto e os com final 0 os últimos.

É fundamental encontra-se ligado aos prazos e conta com os descontos oferecidos em caso de cobertura do IPVA 2019. Vale destacar que aqueles que realizarem a cobertura integral do IPVA dentro do tempo de expiração do inclusive, também podem acumular até 27,7 % do valor do IPVA.

Valor e pagamento do IPVA RS

O valor desse imposto é apurado em cima do veículo que cada colaborador tem. Ele passa por modificações todos os anos e fazendo a despacho do acompanhador de pagamento é possível ter entendimento sobre o valor que você deverá pagar.

Para sua agilidade é disponibilizado duas opções de pagamento. Essas duas opções servem para que o colaborador possa adotar entre a escolha mais adequada e vantajosa para ele. Essas são as formas de pagamento do IPVA 2019 RS.

Pagamento em armadura única com abate até a data de expiração; pagamento dividido realizado em até 3 vezes, sem existência de abate. Não necessita se administrar ao atendimento ocular para que você adquira a acompanhador de pagamento desse imposto, esse arquivo similarmente pode ser desprendido por intermédio do site do Detran.

Mais uma agilidade que a internet trouxe para todos os contribuintes. A despacho é gratuita e pode ser ensejo em qualquer horário do dia. As orientações a seguir mostram como aplicar acompanhador IPVA 2019 RS pela internet.

Valor do IPVA

O valor do Detran IPVA é um assunto que pleito confusão em bastante dos contribuintes, uma vez que o valor padece atualizações anualmente, posto isto em cada ano o valor é distinto.

Essa diferença de valor acontece de acordo com o modelo do seu veículo e o ano do inclusive, posto isto o estado defini uma porcentagem de arrecadação do imposto, posto isto cada estado tem uma porcentagem distinto de arrecadação.

Confira o Resultado de Bolsas de Estudos

O Programa Universidade para todos 2019 é um programa aberto pelo ministério da pedagogia juntamente com o governo brasileiro adepto de proporcionar bolsas de pesquisas integrais ou parciais em instituições particulares de treino superior para os candidatos que tiveram uma ótima contagem no Exame Nacional do Treino Médio.

O ProUni foi originado em 2004 e faz parte de um programa do governo federal no qual tenta incentivar a pedagogia brasileira, oferecendo dessa maneira várias vantagens para os indivíduos que possui ambição em corporificar uma classe superior e conseguir o tão sonhado canudo.

Abaixo você irá ver informações relativo ao ProUni, sabendo como funciona, cmo realizar as inscrições Prouni 2019 e quando sai o resultado Prouni 2019 além da nota de corte e como acompanhar a aceno da listagem de delonga. Acompanhe!

Resultado de imagem para prouni

INEP divulga os resultados do PROUNI

O ProUni resultado 2019 disponibiliza bolsas de pesquisas para os candidatos que obtiveram uma nota muito aberto na prova do Enem. Desta maneira, o candidato que estiver acertado a corporificar a adesão Prouni 2019 deverá ter comunicado do Enem e levar mais do que 450 pontos e não aniquilar a composição.

É fundamental enfatizar que é por meio da sua nota do Enem que você vai se abranger nas vagas que estão para ser preenchidas. Estando enquadrado nesses atributos entre no site oficial do programa e realize a sua adesão, informando dessa maneira o seu acesso da página de participante do Enem.

Ao ser redirecionado para a página essencial você escolherá qual a forma de alforje que você conseguirá pegar de acordo com a contagem do Enem e a renda acostumado. Veja:

A nota de corte do ProUni é uma nota mínima que as instituições estabelecem para abençoar os candidatos que fizeram o Exame Nacional do Treino Médio.

Saiba que essa nota é bastante fundamental para mudar direto nas instituições e mais essenciais para os candidatos que ficarem na listagem de delonga, uma vez que se a sua nota for um pouco mais viaduto do que o seu adversário assim você ficará na frente da listagem e com certeza será conhecido por mais acelerado.

É fundamental destacar que por meio da nota de corte já não lhe protege uma vaga dentro da escola e nem sequer determina se você vai conseguir de feito a vaga, uma vez que as notas variam bastante entre as universidades e processos seletivos, podendo acumular ou abaixar admiravelmente a cada difusão.

Governo oferece oportunidades a famílias carentes

O Programa Bolsa Família foi criado para ajudar as famílias brasileiras que se encontram em estado de extrema pobreza. O Bolsa Família desde que foi criado vem ajudando as famílias brasileiras a viverem melhor superando a vulnerabilidade provocada pela extrema pobreza e a falta de condições de usufruir dos direitos sociais básicos na área da saúde, educação e assistência social. Muitas famílias buscam por entrar no programa com o objetivo de melhorar sua vida e poder proporcionar aos filhos melhores condições podendo colocar alimentos a mesa e suprir suas necessidades.

Resultado de imagem para cadastro bolsa familia

Cadastro no Bolsa Família no Bolsa família 2019

Para se cadastrar no Bolsa Família 2019 é preciso que as famílias estejam dentro dos requisitos do programa de estar em situação precária. O valor que as famílias ganham quando entram no Programa é de R$ 32,00 a R$ 306,00 que o Governo deposita mensalmente na conta de cada uma. No entanto é preciso fazer o cadastro no CadÚnico que você encontra na sua cidade, no mesmo local onde é feito o cadastro do Bolsa Família. Depois que a pessoa se inscreve é preciso aguardar a avaliação dos dados que foram informados, caso esteja tudo de acordo a família poderá contar com o valor mensal determinado de acordo com o perfil da família.

Como se cadastrar no Bolsa família 2019

O cadastro pode ser feito na prefeitura do município onde a família reside. O ministério responsável pelo Programa Bolsa Família é o Ministério do Desenvolvimento Social do Combate à Fome. Para fazer o cadastro é necessário que tenha em mão os seguintes documentos:

  • RG,
  • CPF,
  • Comprovante de residência,
  • Título de eleitor,
  • Certidão de nascimento das crianças,
  • Carteira de vacinação das crianças
  • Declaração de frequência dos filhos que estão na escola na rede pública nas idades entre 7 e 17 anos.

Governo estuda reduzir as isenções ao Imposto de renda

O imposto de renda é um assunto que preocupa muita gente, muitos ainda não sabem como proceder ou quando devem ou não declarar o imposto de renda. A Isenção de Imposto de Renda 2018, é um dos assuntos que muitos desconhecem, por esse motivo resolvemos trazer para vocês informações que vão te ajudar a entender melhor quem e como se deve proceder com a Isenção de Imposto de Renda 2018.

Informe-se também sobre o Imposto de Renda Pessoa Física 2018!

Algumas pessoas não precisão se preocupar com a declaração do imposto de renda, isso acontece pelo fato de que elas podem pedir a isenção de imposto de renda 2018, para saber quais pessoas se incluem nesse grupo acompanhe o post que preparamos.

isenção imposto de renda
isenção imposto de renda

Isenção de Imposto de Renda 2018 – Quem pode pedir?

Uma dúvida constante é “Quem pode pedir isenção de Imposto de Renda 2018?“. Para que você possa resolver essa dúvida vamos te apresentar os 2 grupos que podem pedir a isenção de Imposto de Renda 2018.

  • 1° grupo: Pessoa física com mais de 300 mil reais somados em direitos ou bens, parte do patrimônio deve ser em conjunto com o cônjuge ou seu companheiro deste que tenha uma declaração de união estável constando regime parcial de bens. Porém é importante verificar se você não está incluído em alguma outra regra de obrigatoriedade para declarar o imposto de renda.
  • 2° grupo: Pessoa que está declarada como dependente na declaração do imposto de renda de outra pessoa, caso você esteja enquadrado neste caso a pessoa que declarar você como dependente deverá estar informando em sua própria declaração de imposto de renda todos os bens, rendimentos e direitos que você possui como dependentes.

Pessoas que são portadores de doenças graves também podem pedir a sua Isenção de Imposto de Renda 2018 verificando se elas se enquadram nas seguintes regras:

Os seus rendimentos sejam aposentadoria, pensão ou reforma (outros casos não são isentos), pode ser incluindo a renda complementos recebidos de entidades privadas e pensão alimentícia.

As doenças que se enquadram nesse caso de isenção do imposto de renda 2018 são:

  • Cegueira;
  • Fibrose cística (Mucoviscidose);
  • Hanseníase;
  • Contaminação por radiação;
  • Doença de Paget em estados avançados (Osteíte deformante);
  • Doença de Parkinson;
  • Esclerose múltipla;
  • AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida);
  • Alienação mental;
  • Hepatopatia grave (observação: nesse casos de hepatopatia grave são isentos rendimentos auferidos a partir de 01/01/2005);
  • Neoplasia maligna;
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Tuberculose ativa.
  • Cardiopatia grave;
  • Espondiloartrose anquilosante;
  • Nefropatia grave;

Se você se enquadra em alguma das imposições para pode poder solicitar a isenção de imposto de renda 2018 fique atento aos prazos. Verifique com atenção também todas as regras que são impostas, para que você não corra o risco de estar enquadrado em alguma e assim perder o direito à isenção ao imposto de renda de Pessoa Física 2018. Caso você não seja um dos que podem pedir a isenção não deixe de declarar o seu imposto de renda 2018!

Orçamento da União de 2018 não prevê reajuste em Alíquotas do IRPF

aliquotas irpf 2018

O IRRF é o Imposto de Renda Retido na Fonte que é obrigatório para pessoas físicas, para quem precisa estar de acordo com esse imposto a Alíquotas do IRPF 2018 é muito importante, por isso muitas pessoas buscam informações sobre suas atualizações. A Alíquotas do IRPF 2018 sofreu algumas mudanças de valores, e para que você entenda melhor os novos cálculos trouxemos esse post para você com as informações atualizadas da tabela.

A Alíquotas do IRPF 2018 costuma ser atualizada anualmente, sendo assim fique atento aos novos valores divulgados para que não haja dúvidas quanto às alíquotas do Imposto de Renda 2018. Confira mais informações do IRPF 2018 na nossa página.

aliquotas irpf 2018
aliquotas irpf 2018 seguem sem reajuste

Alíquotas IRPF 2018

O Diário Oficial da União publicou recentemente os valores que foram reajustados para as Alíquotas do IRPF 2018 por meio da Medida Provisória de reajuste.

O resultado dessa atualização foram novos valores para a tabela IRPF de 2018 que resultarão em um imposto com um valor acima do cobrado no ano de 2017.

As Alíquotas do IRPF 2018 sofreram alterações de diferentes porcentagens em suas faixais salariais, sendo assim os valores serão diferenciados para cada pessoa.

Veja como fica a divisão para a Alíquotas do IRPF 2018:

  • Nas 2 primeiras faixas salariais temos um reajuste de IRPF 2018 de 6,5%;
  • Na 3° terceira faixa o reajuste será 5,5%;
  • Na 4° faixa reajuste de 5%;
  • Na última faixa que é onde os salários são mais altos o ajuste será de 4,5%.

Nova tabela de Alíquotas do IRPF 2018

Agora que já sabemos as porcentagens das novas Alíquotas do IRPF 2018 vamos ver coo serão determinadas essas porcentagens na tabela do Imposto de Renda. Confira a seguir como fica a tabela:

  • Aquele que recebe até R$ 1.903,98 estará totalmente isento do seu imposto de renda.
  • Aquele que possuir uma renda entre R$ 1.903,99 e R$ 2.826,65 pagaram um valor em torno de 7,5% de Imposto de Renda.
  • Aqueles que recebem valores entre R$ 2.826,66 e R$ 3.751,05 ficam com a alíquota do IRPF 2018 de 15%
  • Para os que possuem rendimentos de R$ 3.751,06 e R$ 4.664,68 o valor do imposto de renda equivalerá a 22%.
  • Para quem recebe a partir de R$ 4.664,69 a alíquota IRPF 2018 será a mais alta, possuindo um valor de 27,5%.

Alíquotas do IRPF 2018

A tabela de IRPF 2018 conhecida como Tabela Progressiva para Cálculo anual do imposto sobre a Renda da Pessoa Física está com uma base d e cálculos da seguinte maneira:

  • Os que possuírem valores de até R$ 21.453,24 não terão um valor a ser reduzido.
  • Valores entre R$ 21.453,25 e R$ 32.151,48 terá uma alíquota 7,5% ao mês e uma parcela para deduzir do imposto de renda em reais de R$ 1.608,99
  • Os valores entre R$ 32.151,49 e R$ 42.869,16 possuem alíquota IRPF 2018 de 15% podendo ser deduzido dele um valor de R$ 4.020,35

Agora com essas informações sobre as novas Alíquotas do IRPF 2018 ficará mais claro para que você possa entender como funciona esse processo e qual os valores que estão sendo deduzidos de você.

Fique atento para os prazos do DPVAT

DPVAT 2018 MG – Fim de ano já se aproxima, e muitas são as preocupações e reflexões que surgem na cabeça da maior parte das pessoas, especialmente no que diz respeito às festas de fim de ano e às contas do início do ano que vem. E para contribuintes que possuem carro estas contas são ainda maiores, já que há o IPVA e o DPVAT 2018, que são tributos importantes e que devem ser quitados para que o veículo permaneça regularizado.

Pois é sobre o segundo que vamos falar um pouco mais, especialmente para quem mora no Rio Grande do Sul, pois o objeto deste artigo será o seguro DPVAT 2018 MG, que vamos detalhar para que os contribuintes gaúchos possam, entre outras coisas, saber como consultá-lo e como pagá-lo, por exemplo.

Consulta DPVAT 2018 MG

E a primeira coisa que o contribuinte gaúcho deverá saber sobre o DPVAT 2018 MG será a respeito da sua consulta, que poderá ser feita de modo moderno, diretamente pela internet.

Para fazer a consulta DPVAT 2018, o contribuinte residente no estado do Rio Grande do Sul deverá acessar o site oficial do DETRAN e inserir os seguintes dados:

  • número do RENAVAM;
  • estado onde o veículo foi emplacado;
  • placa do veículo;
  • tipo de documento;
  • ano de exercício (que deverá ser 2018);
  • e-mail para um possível contato futuro.

Desta forma, o contribuinte gaúcho passa a ter acesso a detalhes sobre este tão importante tributo, e consegue, entre outras coisas, saber como proceder para fazer o pagamento DPVAT 2018 MG.

Valor e Emitir Guia DPVAT 2018 MG

Sobre o valor DPVAT 2018 MG, as informações ainda não estão à disposição dos contribuintes, mas quando estiverem, será possível visualizá-las por meio do procedimento de consulta. Agora para emitir guia DPVAT 2018 MG, o contribuinte deverá acessar o link que foi criado exclusivamente para esta finalidade, para então, depois disto, inserir todos os mesmos dados que foram necessários para realizar o procedimento de consulta do tributo.

  • http://www.dpvatsegurodotransito.com.br/.

Com isso, é possível saber muito mais sobre o DPVAT 2018 MG, que deverá ser um dos tributos a serem regularizados pelos contribuintes no início de 2018.

Como passar em Concursos

Está procurando saber como passar em concursos? Você não é o único. Quem nunca pensou em trocar a insegurança de um emprego privado pela estabilidade profissional e o bom salário de um cargo público? Muita gente, não é mesmo? E se você é uma dessas pessoas, está com sorte. Aqui, no Educa Mais Brasil, reunimos algumas estratégias que podem ser úteis para que você comece sua jornada para entrar com garra nessa área tão competitiva do mercado de trabalho.

Como passar em concursos – Para refletir

Muitos só pensam em prestar concurso público porque desejam um salário melhor, estabilidade e comodidade. Mas este não é o melhor caminho. Se você quer realmente prestar um concurso buscando qualidade de vida e estabilidade, pense também na profissão que irá atuar. Afinal aquele trabalho será sua rotina por longos anos, certo? Por isso, escolha uma área que te agrade. Escolher uma profissão apenas para ter uma renda confortável pode não ser a melhor coisa a se fazer. É importante que você consiga se adaptar ao novo trabalho, caso contrário não demorará muito para se cansar e ficar de “saco cheio”.

Antes de tomar a decisão de estudar para concursos

Como toda prova, vestibular, Enem e outros, para prestar concurso público é necessário estudar com afinco. Você precisará de uma estratégia. Organizar-se para ter sucesso no seu objetivo de alcançar o sonho da carreira pública.

Quando você decidir estudar para concursos, esteja certo de que é isso mesmo que quer porque esta é uma área bem concorrida. Esteja preparado para abrir mão de algumas regalias que você tem hoje, como por exemplo, sair com amigos, ir ao shopping, ao cinema, etc. Isso vai ter que ficar para depois da aprovação.

Se tem dúvidas de como funciona um concurso, pesquise na internet sobre os certames em vista, para que se familiarize antes de se decidir qual prova prestará.

Quando se inteirar bem sobre as possibilidades de concursos, escolha qual você quer prestar. Então comece a pensar como os candidatos que levam a coisa a sério: eles se perguntam como passar em concursos, montam uma estratégia com base nas respostas obtidas e seguem firme, com muita disciplina.

Escolhida a área que você quer atuar, verifique as disciplinas e o conteúdo programático. Verifique também o peso de cada matéria. Isso vai ajudá-lo a montar o seu cronograma de estudos.

E após tudo pronto, você pode realizar a inscrição no Educa Mais Brasil 2018, ou em outro concurso.

Se saiu da escola já há algum tempo e vai começar agora seus estudos para concurso público, talvez não consiga se dedicar o número de horas necessárias. Mas, esteja ciente de que há muitos candidatos que já estão estudando, e que quanto mais tempo você se dedicar, melhor vai estar preparado para enfrentá-los.

Como evitar erros na hora de inscrição do Fies

Por causa da desigualdade social latente no Brasil, o Governo Federal oferece uma série de programas sociais, para ajudar as pessoas em situação econômica delicada, como por exemplo, o Bolsa Família.

Enfrentando, o Governo não oferece apenas dinheiro para as pessoas em situação mais vulnerável, como também uma oportunidade para concluir o estudo, fazendo o Ensino Superior em faculdades privadas, sendo financiado por meio de um programa chamado de Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior, mais conhecido como Fies.

Financiamento Estudantil
Financiamento Estudantil

Por meio desse projeto, o Governo Federal faz uma espécie de empréstimo para o estudante, porém, com dois grandes benefícios. O primeiro é que os juros desse programa são bastante abaixo do mercado, ficando na marca de 4% ao ano.

Um segundo ponto importante desse projeto, é que os estudantes apenas têm que começar a pagar esse financiamento, depois que eles se formam na faculdade e possuem um emprego, tendo assim, a chance de organizar esse pagamento junto com outras contas a serem quitadas.

Assim, milhares de estudantes veem no Fies 2018 a única forma de concluir o ensino superior e ter desse modo uma chance de crescimento na vida. Por conta disso, é de fundamental importância não errar na hora do preenchimento da ficha do Fies, não correndo assim o risco de ter a sua inscrição cancelada, antes mesmo de ser analisada.

Não preencher o curso errado

Um primeiro erro comum cometido por muitos candidatos ao Fies no momento de fazer a inscrição é o preenchimento inadequado do curso, falando de uma Universidade a qual a pessoa não fez o vestibular.

Por conta disso, é importante sempre conferir atentamente as informações preenchidas, até mesmo o seu nome e endereço, para que você não perca a oportunidade de realizar o aditamento do FIES por erros simples de serem evitados.

Ler duas vezes antes de enviar

Para evitar um preenchimento inadequado dessa sua candidatura para o Fies, uma dica importante é ler duas vezes todas as informações preenchidas, já que assim, você se certifica de que todas elas estão corretas.

Não perder o prazo de inscrição

O candidato pré-selecionado pelo Governo Federal tem um prazo de até cinco dias para confirmar a inscrição no FIES e mandar todos os documentos solicitados, comprovando assim, que ele possui a renda para participar do programa e também que tirou a nota mínima exigida no Enem.

Depois desse prazo, essa pré-inscrição é automaticamente cancelada, fazendo com que você perca a sua chance de ser agraciado com esse financiamento estudantil governamental.

Ficou interessado? Confira a lista de pré-selecionados para o FIES, divulgada pelo Portal Brasil.

Comparecer até uma agência bancária dez dias depois de a documentação ser aceita

Outro prazo comum que normalmente os candidatos ao Fies acabam perdendo é de garantir esse financiamento até dez dias depois que o Governo Federal analisou a sua documentação enviada e deu um aval para a sua inscrição.

Assim, é necessário comparecer em uma agência bancária selecionada pelo Governo e preencher todo o contrato do Fies, garantindo assim o seu financiamento.